Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Perca no forno e abóbora manteiga a acompanhar

por raio-de-luar, em 06.10.11

 

Por incrível que pareça, e estou demasiado surpresa comigo mesma, nunca fui fã de abóbora. Sopa com abóbora, sonhos de abóbora, papas de abóbora... blhéc!!!!!!!!!!!

Não sei o que me deu mas comprei uma abóbora manteiga, pequenina e fofinha que só ela. Vim para casa a magicar como poderia cozinhar aquilo e mais difícil, gostar.

Vou googlar receitas de abóbora manteiga e aparem-me sopas, purás, gratinadas, no forno... e eu já sem saber o que fazer e quase a pensar que, tivesse eu um porquinho no terraço, era para ele que ia a abóbora, crua e com casca.

O planeado para o jantar era perca no forno e lá me lembrei de fazer a abóbora a acompanhar. O molho que acompanhava a perca não parecia, a mim, combinar muito bem com a abóbora assim tudo ao monte num tabuleiro e ala para o forno. É que revirei os olhos a pensar que ainda me saía uma bela mistela digna de um porquinho.

Lá preparei a perca: temperei as postas com sal, mistura de 5 pimentas moída na hora, sumo de limão e leite. Deixei a marinar cerca de 15 minutos. Escorri, num prato misturei pão ralado com sementes de linhaça, passei as postas de ambos os lados e coloquei num tabuleiro, previamente regado com um fio de azeite. Verti o líquido da marinada para o tabuleiro, de maneira a não cobrir totalmente as postas e levei a assar a 200º.

Olhei para a abóbora e até me deu pena, porque a dita é mesmo engraçada e fofinha. Até me lembrei de a usar como elemento decorativo. Sempre era um fim mais digno que a pia do porquinho.

Descasquei-a, tirei-lhe as pevides, cortei em cubos. Na wok coloquei um fio de azeite, aqueci e abóbora lá para dentro. Em lume brando, fui salteando a abóbora enquanto adicionava os ingredientes: alho esmagado, cebola em meias luas, envolvi bem e deixei a cebola caramelizar um pouco. Depois achei que um bocadinho de sumo de limão ia bem, e aí vai limão... e lembrei-me de lhe dar um toque exótico com molho de soja. Vou ao armário e em vez do molho de soja saiu o molho inglês. Uma colher de sopa. Envolvi. Para toque final, polvilhei com cebolinho picado. Provei e fiquei absolutamente deliciada (e surpreendida). Afinal gosto de abóbora!!!!!!!!!!!!!!

O peixe ficou super suave, efeito do leite, com uma deliciosa crosta de pão ralado e sementes de linhaça... a abóbora foi o ex-libris deste jantar, pela agradável surpresa que me proporcionou.

E depois disto fiquei curiosa para experimentar outras receitas com a abóbora manteiga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim


Calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D