Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Esparguete com brócolos

por raio-de-luar, em 23.04.15

Chegar a casa para almoçar, tendo menos de 1hora, e no frigorífico havia sopa e brócolos cozidos ao vapor, que sobraram do jantar do dia anterior.

Ora bem, estava quente e não me apetecia sopa. Os brócolos eram a opção, mas como? Omelete? Abrir uma lata de atum? Ou... lembrei-me deste esparguete. Porque não a versão com brócolos?

 

Ingredientes:

  • esparguete q.b.
  • água q.b.
  • sal a gosto
  • alho em pó a gosto
  • pimentão doce a gosto
  • 1 colher de café de ervas finas
  • floretes de brócolos já cozidos
  • azeite

 Colocar água num tacho, temperar com sal, alho em pó, pimentão doce e as ervas finas. Assim que ferver, juntar o esparguete e deixar cozinhar até estar al dente (cerca de 8 minutos). Juntar os floretes de brócolos na água quente, só mesmo para os amornar. Envolver e escorrer. Colocar no prato e regar generosamente com azeite.

Maravilhoso!  

 

Nota: publico sem foto, porque, por motivos que desconheço, não consigo carregar a foto. Ainda assim, é a foto que partilhei na página de facebook no dia em que a receita saiu à mesa! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esparguete bom, mas bom!!

por raio-de-luar, em 26.03.15

Hora de almoço. Vou a casa e não há nada que possa aquecer no microondas em jeito de pronto a comer. Tinha brócolos cozidos, podia juntar atum e estava feito. Tinha tomate e pepino, podia fazer uma salada com atum ou ovo cozido. Havia sopa, mas não me apetecia

E, assim, na pressão do tempo que passa e do almoço que quero comer, saiu um esparguete com tomate. Uma pequena maravilha para o palato. 

 

pasta.jpg

 Ingredientes:

  • esparguete q.b.
  • água q.b.
  • sal a gosto
  • alho em pó a gosto
  • pimentão doce a gosto
  • 1 tomate maduro
  • um fio de azeite
  • orégãos a gosto

 

Colocar água num tacho, temperar com sal, alho em pó e pimentão doce. Assim que ferver, juntar o esparguete e deixar cozinhar até estar al dente (cerca de 8 minutos). Escorrer e colocar num prato. Por cima dispor o tomate fatiado, polvilhar com orégãos e regar com um fio de azeite.

Tão simples, tão rápido, tão saboroso. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Inspirei-me em duas receitas do livro base da Yämmi: o risotto de cogumelos, no capítulo dos acompanhamentos, e o risotto de abóbora, no capítulo vegetariano. Numa espécie de corta e cose, juntei partes de ambas as receitas e o resultado foi maravilhoso. Nem o carnívoro cá de casa sentiu falta da proteína. Aprovado.

P2080010.JPG

Ingredientes:

  • 200 gr de abóbora
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola
  • 50 ml de azeite
  • 250 gr de arroz para risotto
  • 300 gr de cogumelos portobello brancos
  • 250 ml de vinho branco
  • 500 ml de água
  • sumo de 1 lima
  • sal q.b.
  • cebolinho q.b.
  • 30 gr. de margarina

 

  1. Colocar a cebola, os dentes de alho e a abóbora cortada em pedaços no copo, picar 15 segundos na velocidade 5.
  2. Juntar o azeite e refogar 5 minutos, velocidade 1, temperatura máxima (ST).
  3. Acrescentar os cogumelos laminados e o vinho e refogar mais 3 minutos, velocidade 2, temperatura máxima (ST).
  4. Adicionar o arroz e programar 5 minutos, velocidade 1, temperatura máxima (ST).
  5. Juntar a água, temperar com sal e programar 20 minutos, velocidade 1, temperatura 100º.
  6. Quando o tempo terminar, mexer com a espátula para soltar o arroz, incorporar a margarina, o sumo de lima e o cebolinho. Programar 2 minutos, velocidade 2, temperatura 100º, mexendo com a espátula para misturar.
  7. Servir de imediato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arroz de tomate na Yämmi

por raio-de-luar, em 02.02.15

P1310009.JPG

 Ingredientes (2 pessoas):

  • 200 gr de arroz vaporizado
  • 1 lata pequena de tomate
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 pimento verde
  • 1 folha de louro
  • 700 ml de água (para ficar malandrinho)
  • sal
  • 50 ml azeite

Colocar no copo o azeite, a cebola, os dentes de alho, o tomate e o pimento e programar 10 segundos na velocidade 5.
Acrescentearo arroz, a água, o louro e o sal.
Programar 25 minutos a 100ºC na velocidade 1.
Foi um belo acompanhamento para uns douradinhos no forno, acompanhados com uma salada de alface e tomate. Gosto deste almoços de sábado, simples, práticos, sem complicações.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arroz de bacalhau com chouriço na púcara

por raio-de-luar, em 08.09.14
 
Ingredientes:
  • 1 embalagem de migas de bacalhau 
  • 1 chávena de arroz
  • 1 lata de tomate pelado
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • azeite
  • 1/2 pimento verde
  • 1,15L de água quente
  • 1 chouriço corrente
  • 1 chávena de brócolos congelados
  • sal e pimenta branca
 
Saltear o chouriço cortado em meias luas. Juntar a cebola e os dentes de alho picados e deixar dourar. Acrescentar o tomate e o pimento, cortados em cubos, e deixar cozinhar três a quatro minutos. Acrescentar bacalhau e deixar ferver. Juntar o arroz e ir juntando aos poucos a água quente. Temperar com sal, pimenta. A meio da cozedura acrescentar os brócolos congelados.
Servir malandrinho. 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 
No frigorífico estavam umas sobras deste frango (que é uma maravilha). Como das ideias de aproveitar sobras é quando saem, muitas vezes, jantares bem saborosos, comecei a magicar a melhor forma de aproveitar o frango. 
Comecei por aquecê-lo com o molho. Tirei os pedaços de frango do molho, retirei ossos e peles e desfiei. O molho, passei-o num coador de rede.
 
Ingredientes:
  • frango estufado desfiado (e respectivo molho)
  • 1 chávena de arroz
  • 8 cogumelos frescos laminados
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola picada
  • azeite
  • sal
  • salsa picada

Aquecer um fio de azeite e saltear os cogumelos cerca de dois minutos. Juntar a cebola e os dentes de alho picados e envolver. Misturar o arroz e deixar fritar um pouco; acrescentar o frango desfiado, regar com o molho do estufado e envolver bem. Assim que começar a ferver, juntar água e deixar cozer o arroz. Quando estiver praticamente cozido, retificar temperos, polvilhar com salsa picada. Servir ainda malandrinho.

 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Salmão com massa de ovo e legumes asiáticos

por raio-de-luar, em 05.09.14
 
 
Ingredientes:
  • 2 lombos de salmão cortados em cubos
  • 350 gr de miolo de camarão
  • 250 gr de massa de ovo (noodles para wok Vitasia, Lidl)
  • 3 dentes de alho
  • alho em pó
  • chilí moído
  • moinho especiarias oriental Kania (Lidl)
  • gengibre em pó
  • vinagre balsâmico
  • flor de sal
  • azeite
  • molho de soja (1 colher de sopa)

 

Começar por temperar o salmão com (temperar a gosto, mas ajuda quem não tiver tanto olho usar uma colher de café para as especiarias): alho em pó, gengibre em pó, chilí moído, moinho de especiarias asiáticas, flor de sal, um fio de azeite e vinagre balsâmico. Envolver e deixar tomar gosto por alguns minutos.

Entretanto, saltear num fio de azeite o miolo de camarão. Quando começar a ficar translúcido juntar os dentes de alho laminados e envolver. Juntar os cubos de salmão temperados e deixar cozinhar alguns minutos. Adicionar a mistura de legumes asiáticos, envolver e deixar cozinhar uns 5 minutos. 

Entretanto cozeu-se a massa seguindo as instruções da marca. Juntar ao preparado de legumes e salmão, previamente escorrida. Envolver delicadamente, regar com uma colher de sopa de molho de soja, deixar que os sabores se misturem por um ou dois minutos. Pronto a servir.

 

 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lasanha de salmão com espinafres e cogumelos

por raio-de-luar, em 29.06.14

 

 

 

Ingredientes:

  • 4 lombos de salmão
  • 1 lima
  • 1 colher de sobremesa de salsa picada
  • pimenta branca
  • azeite
  • sal/flor de sal
  • 300 gr de cogumelos frescos
  • 1 molho de espinafres frescos
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 1L de molho bechamel*
  • queijo mozzarella ralado

 

Cozer os lombos de salmão em água temperada com sal, metade da lima em rodelas, salsa e um fio de azeite. Reservar.

No wok aquecer um fio de azeite e refogar a cebola e os dentes de alho picados. Juntar os cogumelos laminados e deixar saltear uns dois minutos. Juntar os espinafres lavados e escorridos, envolver, temperar com um pouco de flor de sal, e deixar cozinhar até estarem tenros. Juntar os lombos de salmão lascados, regar com sumo da outra metade da lima, envolver bem para que os sabores se misturem, rectificar temperos (sal e pimenta). 

 

*Previamente preparei o bechamel para o deixar repousar: em banho-maria, derreter uma colher de sopa de creme vegetal para culinária; juntar farinha maizena, entre 2 a 3 colheres de sopa, e uma colher de sopa de sopa de marisco instantânea. Regar com leite e mexer com varas de arames. Como faço a olho, vou juntando leite e maizena até ter a consistência cremosa que desejo. Para este molho, usei 1L de leite magro, e umas 6 colheres de sopa de maizena. No fim temperar com noz moscada e pimenta branca.

 

Montar a lasanha: no fundo de um tabuleiro de ir ao forno colocar um pouco de molho bechamel, por cima distribuir placas de lasanha, o preparado do salmão com espinafres e cogumelos, novamente molho bechamel, placas de lasanha, preparado de salmão, bechamel e assim sucessivamente (o número de camadas vai depender das quantidades e do tamanho do tabubeiro) até terminar com placa de lasanha, regar com bechamel restante e polvilhar com queijo mozzarella ralado. Levar ao forno a gratinar.

 

 

De babar, comer, repetir,  e ficar ali a saborear. Não é complicada, mas dá um pouco de trabalho e suja alguma loiça, mas o resultado final é soberbo!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Risotto de abóbora assada com cogumelos

por raio-de-luar, em 10.06.14
 
 
 
Podia começar a história assim: era uma vez uma abóbora que foi cortada a meio, metade foi para uma sopa e para congelar já em pedaços, para futuras sopas, a outra metade foi temperada e assada no forno. Dessa metade assada surgiram dois pratos: um risotto e um creme. E puff, foi-se a abóbora. Fim!
 
Ora então num destes dias queria eu fazer uma sopa e aproveitei que o homem tinha ido ao supermercado e liguei a pedir um pedaço de abóbora. Chega-me a casa com uma abóbora inteira. (Lembrem-me de lhe ligar a pedir um par de sapatos, a ver se ele me traz a sapataria toda).
Adiante, cortei logo a abóbora a meio. De uma metade, descasquei, cortei em pedaços, fiz a sopa desse dia, congelei o resto para outra sopa. E fiquei a olhar para a outra metade e já que tinha o forno ligado a assar frango, não pensei muito. Temperei a abóbora com flor de sal, pimenta branca, noz moscada, uns pós de pimentão doce, um fio de azeite e forno com ela.
 
No dia seguinte o almoço foi um risotto que já me andava nas ideias há algum tempo.
 
 
 
Ingredientes:
  • cerca de 250 gr de abóbora assada
  • 1 chávena e meia de arroz para risotto
  • cerca de 200 gr de cogumelos frescos laminados
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • azeite
  • caldo de galinha (1 cubo de caldo de galinha fervido em cerca de 1 L de água, mas convém pôr água a mais para garantir que há caldo suficiente para o risotto)
  • 200 ml de vinho branco
  • folhas de aipo picadas

 

Aquecer um fio de azeite com a cebola e os dentes de alho picados. Quando a cebola começar a estalar e a ficar translúcida, juntar o arroz e deixar fritar um pouco. Refrescar com o vinho branco. Quando o risotto estiver com pouco vinho, juntar os cogumelos e a abóbora assada (polpa). Envolver os ingredientes e regar com uma conche de caldo de galinha. Ir mexendo e ir juntando o caldo, sem deixar o risotto secar. Quando o risotto estiver cozido, aromatizar com algumas folhas de aipo picadas.

 

 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

No fim de semana, a ida ao Lidl resultou em aproveitar promoções para comprar iguarias a preços simpáticos. Vieram espargos, chouriço de porco preto, alheiras de mirandela. As alheiras costumo congelar. São daquele tipo de fast food que salvam uma refeição de última hora.

Os chouriços, andei a pensar como haveria de os fazer. E juntá-los ao espargos soou-me a água na boca. Lembrei-me das favas, mas o homem não tolera muito bem as favas, diz que são indigestas, ainda mais para comer à noite. Pensei em omelete, mas mal pus a hipótese de massa, o homem não ouviu mais nenhuma sugestão. Noutra encarnação ele foi italiano, só pode.

Adiante, seja feita a vontade, e faz-se a mais que dá para a marmita e para o almoço do dia seguinte. 

Ficou, ohhhh (imaginar aquele gesto de levar os dedos à orelha)...

 

 

 

Ingredientes:

  • 500 gr de massa macarronete
  • 2 chouriços de porco preto
  • 1 molho de espargos 
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 ovo
  • sal e azeite

 

Levar um tacho com água temperada de sal e um fio de azeite a ferver. Cortar os espargos em pedacinhos, mais ou menos do mesmo tamanho, e escaldá-los na água fervente por uns 3 a 4 minutos. Retirar. Cozer a massa al dente nessa mesma água.

Cortar os chouriços às rodelas e levar a saltear no wok (não precisa adicionar gordura nem outros temperos, para não alterar a riqueza do sabor do próprio chouriço). Juntar a cebola picada e os dentes de alho, e deixar alourar. Bater o ovo e juntar ao chouriço, mexendo. Adicionar os espargos escorridos e envolver. Por fim, envolver a massa, previamente escorrida, até os sabores se misturarem. Pronto a servir e a deliciar-se!

 

 

 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D