Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bacalhau com Bechámel

por raio-de-luar, em 19.04.12

Há poucos dias vi esta receita de bacalhau no blog As Minhas Receitas. Tomei logo nota para fazer, já que me pareceu simples e saboroso... e versátil. Quando vi a receita e à medida que a ia rabiscando numa folha de papel, fui mentalmente fazendo as minhas alterações. Para começar, excluir a batata frita. Isto para quem anda a seguir um plano alimentar onde os fritos não têm lugar, começou logo por aí. Poderia ser batata cozida. Uma hipótese. Torna logo o prato menos calórico. No entanto, e dado que estou numa semana de "apertadas" regras alimentares, a adaptação da receita teve de ir um pouco mais longe. Ficar só pelos legumes, bacalhau e molho bechámel (também esse alterado para uma versão mais light). Ainda assim, e neste momento exacto do plano alimentar, tenho de simplificar as refeições ao máximo, o que implica não misturar legumes. Parece estranho, mas faz todo o sentido, principalmente quando a receita em questão leva cenoura, que é um dos 4 legumes mais calóricos que existem.

Deixando a conversa, vamos lá partir para a minha adaptação...

 

 

Ingredientes:

  • 500 gr de migas de bacalhau
  • 1/2 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 2 alhos francês
  • azeite
  • pimenta
  • sal (se necessário)
  • salsa picada
Para o bechámel:
  • 3 colheres de sopa de maizena
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2,5dl de leite magro
  • 2,5 dl de água de cozer o bacalhau
Dar uma fervura nas migas de bacalhau.
Entretanto, levar ao lume um tacho com um fio de azeite, a cebola e os alhos picados e deixar refogar um pouco. Juntar o alho francês e deixar estufar em lume brando cerca de 10 minutos. Juntar as migas de bacalhau previamente escorridas, envolver e deixar estufar mais 5 minutos.
Enquanto isso, prepara-se o bechámel. Num tachinho colocar a farinha maizena e o azeite. Levar ao lume. Quando a farinha tiver absorvido o azeite, juntar o leite e a água de cozer o bacalhau. Deixar engrossar em lume brando, mexendo sempre com um batedor de varas para não deixar criar grumos. Temperar no fim com pimenta e noz moscada. 
Juntar metade, ou 3/4 do molho ao preparado do bacalhau e envolver. Colocar esta mistura num tabuleiro de ir ao forno. Cobrir com o restante bechámel e levar ao forno a gratinar.
 
Nota: para tornar o bechámel mais light, em vez de o fazer com 5 dl de leite, dividi e fiz com 2,5dl de leite e 2,5 dl de água de cozer o bacalhau. Ainda assim, e para quem não gostar de leite na comida ou for intolerante à lactose, pode fazer o bechámel apenas com a água de cozer o bacalhau, pois obtém um resultado muito similar ao original. Eu já experimentei quando fiz um bacalhau gratinado com bechámel para a sogrinha que não gosta de leite e ficou muito bom. Fica a dica!
 
Quanto ao bacalhau, estava bem cremoso, bem saboroso, e bem leve. Imagino que a versão original seja muito boa. Mas para já não a experimento. E vou bem servida com uma versão mais simples e bem mais light. 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D