Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma espécie de feijoada à brasileira

por raio-de-luar, em 21.12.11

Gosto, sempre que possível, de publicar receita com devida foto pouco tempo depois de ter feito o prato, isto porque os cheiros e sabores estão frescos na memória e no palato, a espontaneidade a (d)escrever é fantástica e transparece, pelo menos assim julgo, as sensações e sabores que a comida despertou em mim, quer na sua confecção quer na degustação.

Mas nem sempre é possível fazê-lo e os motivos são inúmeros. Ou porque não se passou as fotos para o pc, ou porque ainda não se editou as fotos, ou porque agora não tenho tempo, ou não apetece, ou amanhã trato disto e depois passa... e há assim post's que estão nos rascunhos, com uns primeiros traços, à espera de ver a luz do blog. E passam-se dias ou mesmo semanas e quando os vou buscar, não sinto a mesma espontaneidade, e confesso que já apaguei rascunhos por já não me lembrar muito bem o que tinha feito (todos os ingredientes usados, passos da confecção).

Toda esta introdução para dizer que este é um desses post's que tem estado há algumas semanas a marinar nos rascunhos. Lembro-me do que fiz, porque foi extremamente simples... mas falta a memória ainda presente do seu cheiro e sabor.

 

Houve um fim-de-semana que decidi no Sábado à noite fazer entremeada grelhada com arroz e salada. E grelhei entremeada a mais para fazer uma feijoada com feijão preto. Assim, no dia seguinte, cozi um pacote de 500gr (Pingo Doce) de feijão preto, previamente demolhado durante a noite, numa panela com água, sal, um dente de alho com casca, uma folha de louro e um chouriço de carne. Quando cozeu, e tive o cuidado de não deixar ficar muito cozido porque ainda ia novamente cozinhar, escorri o feijão, reservei a água, retirei o dente de alho e a folha de louro e cortei o chouriço em rodelas. Num tacho refoguei uma cebola, um dente de alho e uma malagueta, tudo picado, em azeite. Juntei as rodelas do chouriço quando a cebola ficou murchinha. Envolvi e juntei a entremeada cortada em pedacinhos. Reguei com um pouco da água de cozer o feijão e deixei tomar gosto. Juntei o feijão e fui juntando água da cozedura a gosto. Rectifiquei temperos, deixei apurar e ficou uma delícia. Uma daquelas refeições bem quentes, bem reconfortantes e que tão bem sabem no tempo frio. Eu comi simples com uma salada de alface a acompanhar (normas da nutricionista, todas as refeições devo comer salada ou legumes), J* juntou arroz... que tão bem combina com feijão, preto de preferência!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D