Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





 

 

Não me canso de repetir que prefiro ter no congelador destes lombos de salmão que croquetes, rissóis e afins.

Num instante se arranja uma refeição com estes lombos de salmão. A imaginação é o limite. 

Esta refeição foi a solução de Sábado à noite. Um jantarinho simples, leve, saboroso e nada de muito trabalho, como se quer.

 

 

 

Ingredientes:

 

- 2 lombos de salmão (um por pessoa, tirei-os a meio da tarde do congelador e à noite estavam descongelados e prontos a temperar)

- sumo de meio limão

- azeite

- sal

- alho em pó ou moído

- pimenta

- salsa (usei da seca) - ou outra erva aromática ou mistura de ervas a gosto

 

 

 

Temperar os lombos de salmão com um fio de azeite e o sumo de limão. Entretanto juntar os restantes temperos num prato. Escorrer os lombos de salmão, passa-los pela mistura de temperos como se os estivessemos a panar. 

Aquecer o grelhador. Regar com um fio de azeite para não colar. Grelhar o salmão.

 

Servi com uma salada de alface e tomate.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ingredientes:
  • 2 chávenas de água
  • 2 chávenas de couscous
  • espinafres frescos em juliana
  • 1 tomate em cubos
  • 1 cebola picada
  • azeite e sal q.b.

Ferver a água temperada de sal e um fio de azeite. Desligar o fogo, colocar na água fervente os couscous, abafar e deixar repousar 5 minutos.

Esfarelar com um garfo, regando com um fio de azeite a gosto.

Colocar os couscous numa saladeira e envolver os espinafres, o tomate e a cebola.

 

Servi como acompanhamento de um resto de frango assado no forno, e para a marmita do dia seguinte desfiei um pouco de peito de frango e envolvi na salada.

 

Simples, rápido e muito saboroso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Frango com tomate, limão e alho

por raio-de-luar, em 18.01.13

 


 

 

Perde-se a conta às inúmeras receitas e combinações de frango assado no forno. E sejam elas quais forem, é sucesso garantido.

Para mim é uma ótima sugestão para os jantares de domingo, já que não exigem muito trabalho e é só colocar no forno enquanto nos podemos esticar no sofá a ver um filme de fim de tarde. Sem falar, para quem tem o bi-horário, que sai mais barato o uso do forno.

 

 

 

Ingredientes:



  • 1 frango cortado em pedaços

  • 1 lata de tomate pelado

  • 1 limão

  • 1 malagueta piripiri

  • 8 a 10 dentes de alho

  • sal q.b.

  • azeite q.b.

  • 1 colher de sopa de oregãos secos

  • 1 pacote pequeno de vinho branco



Colocar num tabuleiro os pedaços de frango, o tomate e o limão cortados, a malagueta piripiri e os dentes de alho cortados ao meio.  Temperar com sal, um fio de azeite, os oregãos e regar com o vinho branco.

Levar ao forno pré aquecido a 180ºC e deixar assar até ficar douradinho.


 

Acompanhei com massa macarronete cozida er envolvida no molho do assado (pouco) e uma salada de alface, tal como é sugerido na receita onde me inspirei.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

Ingredientes:

  • Risotto (1 chávena e meia)
  • miolo de camarão (cerca de 200gr)
  • delícias do mar (mínimo 8 pauzinhos)
  • espinafres frescos cortados em juliana
  • 1/2 pimento vermelho em tiras
  • 1 tomate pelado em cubos
  • 1 cebola picada
  • 1 malagueta piripiri
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cubo de caldo de peixe 
  • 1 colher de sopa de Vaqueiro
  • azeite
  • sal
Refogar a cebola, os dentes de alho e a malagueta em azeite. Juntar o miolo de camarão e deixar alourar. Juntar o tomate e o pimento e deixar cozinhar cerca de 5 minutos. Num tachinho à parte fever água com o cubo de caldo de peixe, para ir juntando ao risotto.

Juntar o arroz e deixar cozinhar em lume brando, regando com o caldo e mexendo regularmente. 
Acrescentar os espinafres quando o risotto estiver quase cozido e a Vaqueiro. Envolver bem no risotto. 

Quando estiver cozido, juntar as delícias do mar cortadas em rodelas finas e envolver para aquecer. 

 

Eu costumo deixar o risotto malandrinho e cremoso. Mas isso fica ao gosto de cada um, já que se vai juntando o caldo à medida que o risotto vai cozendo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gratinado de bacalhau com bróculos

por raio-de-luar, em 16.01.13

Inspiração aqui

 

 

Ingredientes:

  • 1 embalagem de migas de bacalhau
  • 2 a 3 ovos
  • 1 cebola
  • 2 a 3 dentes de alho
  • 1 cabeça grande de bróculo
  • 200 ml de molho bechamel
  • queijo mozzarella ralado (optei pelo queijo ralado em vez do pão ralado)
  • azeite
  • sal, pimenta q.b.

 

Ferver as migas de bacalhau, juntamente com os ovos. Escorrer e reservar o bacalhau. Nessa mesma água escaldar a cabeça de bróculo cortada em raminhos e deixar os ovos cozerem mais um pouco. Escorrer e reservar.

 

Preparar o bechamel. Faço-o em banho-maria e não há acidentes. Deixar derreter uma colher de sopa de Vaqueiro. Juntar 2 colheres de sopa de farinha e deixar fazer uma massa mole. Juntar cerca de 250ml (um pouco mais) de leite quente e mexer com um batedor de varas até engrossar. Temperar com pimenta e noz moscada. Reservar.


Picar a cebola e os dentes de alho e levar ao lume com um pouco de azeite deixando refogar. Acrescentar o bacalhau e envolver bem.


Envolver depois os brócolos e os ovos cozidos cortados em cubos na mistura de bacalhau e colocar tudo num prato que possa ir ao forno e à mesa.Cobrir com o molho bechamel já preparado e polvilhe abundantemente com queijo ralado.
Levar ao forno já aquecido a 180ºC até gratinar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Flã de leite

por raio-de-luar, em 15.01.13
 
Mal vi esta receita não perdi tempo em experimentar. Tem tudo o que eu gosto num doce. Ultra simples de fazer, textura de pudim (adoro), doce sem ser em excesso, light na consciência.
 
Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado (magro)
  • a medida da lata com leite magro
  • 1 pacote de 200ml de natas
  • 4 ovos

Bater todos os ingredientes no liquidificador (ou batedeira). Verter para uma tarteira. Levar a forno quente a 180º cerca de 30 minutos.

 

{#emotions_dlg.drool}{#emotions_dlg.drool}{#emotions_dlg.drool}{#emotions_dlg.drool}{#emotions_dlg.drool}

 

(já estou a magicar numa próxima acrescentar um pouco de coco ralado... deve ficar um espanto)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Feijoada de marisco

por raio-de-luar, em 13.01.13
 
Ingredientes:
  • feijão cozido (prefiro o branco, mas desta vez usei manteiga)
  • 1 cebola grande
  • 2 a 3 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 embalagem de cocktail de marisco (ou preparado para arroz de marisco)
  • azeite
  • 2 c cenouras
  • 2 tomates
  • 1/2 pimento verde
  • sal, piripiri, salsa picada

Cozer o feijão em água temperada de sal e folha de louro. Escorrer e reservar a água.

Refogar a cebola e os dentes de alho picados num fio de azeite. Juntar o tomate, a cenoura e o pimento e deixar refogar um pouco mais. Juntar a mistura de mariscos, deixar ferver. Juntar um pouco da água da cozedura do feijão. Deixar cozinhar entre 10 a 15 minutos (depende dos mariscos). Juntar o feijão, água se necessário, temperar com piripiri e retificar sal. Deixar levantar fervura. Polvilhar generosamente com salsa picada. 

Servir com arroz branco (opcional) e uma salada verde.

 

Adoro esta feijoada. Mas confesso que prefiro muito mais com feijão branco. Fica para a próxima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quiche de alheira com bróculos

por raio-de-luar, em 11.01.13

 

 

Ingredientes:

  • 2 alheiras de aves
  • 1 cabeça grande de bróculo 
  • 1 ou 2 tomates maduros
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • azeite
  • 1 base de massa quebrada (ou folhada)
  • 2 ovos
  • leite qb
  • pimenta e noz moscada qb

Cortar a cabeça de bróculo em pequenos raminhos. Levar a ferver em água temperada de sal.

Escorrer e reservar.

No wok (ou numa frigideira antiaderente) alourar ligeiramente a cebola picada e os dentes de alho picados num fio de azeite. Juntar as alheiras sem pele e deixar dourar, desfazendo-as com um garfo. Juntar os raminhos de bróculos escaldados e o tomate em cubos. Envolver bem na alheira.

Forrar uma tarteira com a base da massa quebrada. Picar com um garfo. Dispor o preparado da alheira com os legumes. À parte bater os ovos com um pouco de leite. Temperar com pimenta e noz moscada a gosto. Verter sobre a tarteira. 

Levar a forno já quente a 200º até ficar dourado e cozinhado (fazer o teste do palito em caso de dúvidas)

 

Uma refeição que nasceu um pouco do improviso, onde era imperativo algo minimamente rápido e simples de fazer, mas que fosse reconfortante para o final de um dia cansativo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Creme de abóbora com couve flor e alho francês

por raio-de-luar, em 07.01.13
 
Ingredientes:
  • abóbora cortada em cubos (coloquei a olho, mas deve ter sido entre 400 a 500 gr)
  • 1 courgete 
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 alho francês
  • couve-flor (aproveitei umas sobras de couve flor que congelei há um tempo atrás)

Levar a cozer em água temperada de sal e um fio de azeite os legumes (exceto a parte verde do alho francês).

Quando estiverem cozidos, reduzir a creme com a varinha, retificar temperos e levar a ferver com a parte verde do alho francês cortada fina.

 

Uma creme leve, saboroso e que sabe muito bem quentinho nestes dias frios.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D