Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saia uma salada de bacalhau para a mesa do canto

por raio-de-luar, em 29.04.11

Fácil mais fácil não há.

Enquanto cozia uma embalagem de bacalhau em lascas e 4 ovos, preparava o resto da salada.

Dois frascos de grão de bico (não tinha cozido em casa, tive de recorrer aos comprados), tomates cereja cortados em 4 gomos, 3 cebolas novas pequenas cortadas em meias luas. Envolvi tudo, misturei o bacalhau lascado (e arrefecido) e os ovos às rodelas, temperei com umas pedrinhas de sal grosso, vinagre de maçã, azeite e polvilhei com mistura de ervas finas (já que não tinha salsa fresca).

Uma delícia!!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por cá andamos a sopas e saladas

por raio-de-luar, em 28.04.11

 

Aqui a cozinha está em modo light. Depois dos excessos do fim-de-semana prolongado e das festividades, o frigorífico está pejado de restos de leitão, cabrito assado e doçaria, o corpo saturado de comida clama por alimentos mais leves e frescos.

Juntando o útil ao agradável, vão-se comendo os restos das carnes acompanhados de saladas frescas e leves, e sopa... creme de legumes.

Ontem para acompanhar o resto do leitão fiz uma salada com couve-flor (previamente cozida e arrefecida), alface verde, alface roxa, tomate e cebola, temperada com sal grosso, vinagre de maçã e azeite.

Soube mesmo bem!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caril de peixe... um manjar dos deuses!

por raio-de-luar, em 20.04.11

 

Depois da experiência bastante agradável do caril de frango, eis que faço caril de peixe. E saiu ainda melhor!!

Aproveitei um peixe tamboril que ainda andava na arca, acrescentei 3 filetes de peixe gato riscado. Cortei em pequenos pedaços. Reservei. Num tacho largo levei a refogar uma cebola picada, três dentes de alho e um pouco de óleo de soja. Quando a cebola ficou translúcida, acrescentei meio pimento vermelho cortado em cubos e uma malagueta picada. Envolvi e deixei refogar mais um pouco. Adicionei duas colheres de café de caril em pó, misturei bem. Juntei cerca de 200 gr de miolo de camarão e os pedaços de peixe. Envolvi bem no refogado e deixei saltear um pouco. Juntei uma lata de leite de coco. Entretanto J* deu a ideia de juntar o arroz ao peixe, em vez de o fazer à parte. E assim foi. Juntei ao peixe uma caneca e meia de arroz basmati, misturei, deixei ferver e acrescentei duas canecas de caldo de peixe. Polvilhei com duas colheres de café de ervas finas e deixei cozer cerca de 15 minutos, se tanto.

Ficou bem malandrinho, bem cremoso e absolutamente divinal!

E pensar que não tinha experimentado antes por achar que o caril era demasiado intenso e não gostava muito... ai o que eu andei a perder!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Peixe espada no forno

por raio-de-luar, em 19.04.11

 

Se há peixe que adoro é peixe-espada preto. Normalmente quando faço é grelhado. É óptimo, mas associar sempre o mesmo peixe à mesma maneira de o cozinhar pode tornar-se aborrecido, como se o dito peixe só servisse para aquilo e aquilo mesmo.

Pois desta vez resolvi fazer peixe-espada no forno. E ficou uma delícia!

Basicamente fiz assim: coloquei as postas temperadas de sal num tabuleiro de ir ao forno. À parte preparei o seguinte molho: dois dentes de alho bem picadinhos, uma cebola pequena picada, uma malagueta, pimentão doce, azeite, sumo de limão e mistura de ervas finas. Envolvi tudo muito bem e reguei as postas do peixe. Levei ao forno cerca de 30 minutos, virando as postas a meio do assado. Acompanhei com batata cozida e salada.

Uma sugestão bem simples e bem deliciosa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana para um dos jantares estava pensado fazer as salsichas enroladas em couve lombarda com molho de tomate.

Efectivamente, comecei a preparar os ingredientes nesse sentido, mas a certa altura deu-se uma reviravolta nas ideias e a suposta receita foi transformada.

Comecei por descascar e cortar batatas para fazer puré (que já tinha em mente ser o acompanhamento das salsichas enroladas na couve). Pus as batatas a cozer em água temperada com sal e virei-me para a outra parte. Piquei uma cebola, dois dentes de alho, uma malagueta, para refogar ligeiramente em azeite. E aqui começou a mudança de ideias. Ralei duas cenouras, cortei algumas folhas de couve em juliana e salteei no refogado. Quando a couve ficou mole, juntei uma lata de tomate e um pacote de polpa de tomate. Envolvi tudo muito bem, deixei tomar gosto e retirei do fogo.

Preparei o puré e coloquei-o no fundo de um pirex. Abri as salsichas (tipo hot dog) ao meio e espalhei-as por cima do puré. Espalhei os legumes no molho de tomate, e por fim polvilhei com um resto de queijo ralado que andava lá no congelador. Foi ao forno gratinar cerca de 15 minutos.

Ficou uma delícia!!! Estupendo, mesmo. Ainda bem que a meio da confecção do jantar mudei o rumo.

 

[Não tirei foto. Foi pena!]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coelho assado

por raio-de-luar, em 13.04.11

 

Há uns tempos atrás fiz esta receita. Tirei foto na altura, guardei nos rascunhos e por lá esteve. Agora resolvi publicar, até porque gostei tanto que em breve repito.

Coelho cortado em pedaços, limpinho e arranjadinho... dentro de um saco. Temperar com: alho esmagado, sal, uma malagueta, massa de pimentão (1 a 2 colheres de sopa, conforme a preferência), um copo de vinho (branco ou tinto, conforme o gosto), um cálice de wisky, um cálice de aguardente, polvilhar com alecrim. Fechar o saco, envolver bem e deixar a marinar de um dia para o outro, dentro do saco.

Colocar o coelho e a marinada num tabuleiro, levar ao forno a 200º cerca de 1h.

Ficou uma maravilha. Se bem me lembro acompanhei com arroz branco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arroz de favas com...

por raio-de-luar, em 12.04.11

 

Num tacho com água levei a cozer (mas não muito) uma chouriça de carne e uma morcela. Reservei os enchidos e a água.

Refoguei ligeiramente uma cebola picada e dois dentes de alho em azeite. Juntei tomate pelado em pedaços (uma lata). Envolvi as favas e o arroz, os enchidos cortados às rodelas, reguei com a água da cozedura dos enchidos e, por fim, abri 4 ovos. Deixei cozer em lume médio baixo, mexendo delicadamente de vez em quando.

Ficou tão saboroso... Huuuuummmmm!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Salada de macarronete com legumes

por raio-de-luar, em 11.04.11

 

Em equipa vencedora não se mexe. É um facto!

Para aproveitar restos de carnes (assadas ou grelhadas) uma das soluções é fazer uma salada de massa com legumes. Mesmo para improvisar uma refeição para a qual não se deixou nada a descongelar ou meio preparado / pensado, uma salada de massa com legumes e salsichas / fiambre / bacon / atum pode ser a salvação, e uma rica salvação.

Na semana passada para aproveitar uns restos de carnes grelhadas lá fiz esta salada. Macarronete cozido de água e sal, legumes salteados: alho picado, azeite, courgette ralada, cogumelos frescos, tomate, cebola, pimentos padron... a inovação foi no fim, quando a salada estava pronta, antes de servir, misturei-lhe duas maçãs raladas regadas com sumo de limão (para não oxidarem). Foi o toque diferente desta salada e que lhe deu um sabor muito agradável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Era uma vez...

por raio-de-luar, em 06.04.11

 

... um arroz de pato que nasceu de aproveitar sobras de pato estufado. Ora, desse arroz de pato sobrou o suficiente para mais uma refeição para duas (ou três pessoas), pelo que decidi congelar. Na semana passada olhei para aquele arroz no congelador e resolvi tirá-lo. À noite não me apeteceu simplesmente aquecê-lo para comer. Não. Coloquei o arroz no fundo de um tabuleiro, cobri com queijo ralado, gomos de tomate e abri dois ovos em cima. Foi ao forno... e o resultado foi um agradável arroz de pato gratinado no forno com queijo, tomate e ovos.

Haja imaginação!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Knorr sabores no forno

por raio-de-luar, em 05.04.11

 

Já experimentei o Sabores no Forno da Knorr. Escolhi o de tomate e cebola, segui as instruções e ocupei-me do acompanhamento.

Cortei em cubinhos 3 cenouras. Juntei uma chávena de ervilhas e reservei. Cortei em cubos dois tomates pequenos (mais ou menos maduros). Piquei uma cebola roxa e levei a refogar com azeite e meio cubo de caldo de galinha. Quando a cebola ficou douradinha, juntei o tomate e mexi. Depois juntei a cenoura e as ervilhas, uma lata pequena de milho cozido, uma chávena de arroz vaporizado, envolvi tudo, deixei suar um bocadinho antes de juntar a água. Deixei cozer com o tacho tapado em lume médio.

Ficou um arroz bem colorido, bem saboroso, que acompanhou muito bem o frango assado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D