Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lembrete: novo endereço do blog

por raio-de-luar, em 14.01.16

Vejo que ainda cá vêm visitar este espaço. Agradeço as visitas, mas relembro que recentemente mudei a cozinha para outro endereço, levando todas as receitas já aqui publicadas. Para continuarem a seguir as receitas da Raiozinho, por favor, anotem o novo endereço:

Na Cozinha da Raiozinho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Queridos, mudei a cozinha!

por raio-de-luar, em 27.10.15

É oficial. A mudança de cozinha foi feita. As receitas já migraram todas e a partir de hoje é na nova e renovada cozinha que escrevo.

Por favor, para quem quiser continuar a acompanhar-me nesta aventura gastronómica, o novo endereço é:

Na Cozinha da Raiozinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mudanças à vista

por raio-de-luar, em 27.10.15

Estou a ponderar mudar a cozinha para outro endereço. Estou a ver o que é necessário, o que pode ficar pelo caminho na mudança, se realmente vale a pena.

Qualquer mudança dá trabalho, mas neste momento dava-me jeito mudar o login do blog, e tal só é possível criando novo endereço. Mas o risco do que pode ficar pelo caminho faz-me pensar muito bem se avanço ou não com a mudança.

Quando houver novidades, aviso. Até lá, a cozinha permanece no sítio do costume.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Puré de maçã cozida

por raio-de-luar, em 26.10.15

 

PA250024.JPG

 

Ingredientes:

  • 1,5 kg de maçãs
  • sumo de 1 laranja
  • canela a gosto
  • 50 ml de água

 

Preparação:

Descaroçar as maçãs, sem as descascar, e colocar, juntamente com os restantes ingredientes, no copo da Yämmi, programar velocidade 1, temperatura 100º, 60 minutos.

Terminado o tempo, dar três toques de turbo para ficar um puré mais cremoso.

Também ja o fiz no tacho, mas é necessário manter a atenção para não queimar nem pegar ao tacho, mexendo regularmente. Vantagem da Yämmi. Enquanto fez o puré eu andei a arrumar e limpar a cozinha, despreocupada.

Ótimo para sobremesa, para lanches ou pequenos almoços, acompanhado de granola e/ou iogurte (natural ou rego), este puré de maçã é uma delícia. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fritatta de abóbora com queijo quark

por raio-de-luar, em 23.10.15

PA220024.JPG

 De vez em quando gosto de experimentar uma receita sem carne ou peixe. Correndo o risco de cometer algum lapso num mundo que não domino, o mundo dos vegetarianos, lá vou experimentando refeições vegetarianas, ou próximas disso. A parte complicada é ouvir o homem dizer algo do género: está bom, mas onde está a carne?

Pronto, por aqui é uma luta ter uma refeição não carnívora, mas vai valendo o esforço. 

 

Ingredientes:

  • 6 ovos
  • 250 gr de queijo quark
  • 1 cebola roxa
  • 1 dente de alho
  • 200 gr de abóbora
  • azeite q.b.
  • flor de sal
  • moinho 5 pimentas
  • salsa picada

 

Preparação:

Descascar a abóbora e cortá-la em cubos. Reservar.

Levar ao lume frigideira (que dê para ir ao forno) com um fio de azeite, a cebola roxa grosseiramente picada e o dente de alho picado. Deixar alourar e juntar a abóbora. Temperar com um flor de sal, pimenta e deixar cozinhar em lume brando, até a abóbora estar macia.

À parte bater os ovos com o queijo quark até obter um creme homogéneo. Temperar com um pouco de pimenta. Verter a mistura na frigideira, cobrindo a abóbora, e deixar cozinhar em lume brando alguns minutos. Polvilhar com salsa picada. Tranferir a frigideira para o forno previamente aquecido a 200º e deixar acabar de cozinhar, até estar dourada. 

Completou o jantar o creme de grão de bico

Autoria e outros dados (tags, etc)

Creme de grão de bico

por raio-de-luar, em 22.10.15

 

PA220025.JPG

 

Ingredientes:

  • entre 250 a 300 gr de grão de bico cozido
  • 1 courgette pequena
  • 3 cenouras
  • 1 fatia de abóbora
  • 1 cebola
  • 700 ml de água
  • sal e azeite q.b.

 

Preparação:

Colocar no copo da Yämmi o grão de bico, e os restantes legumes, devidamente cortados e lavados. Temperar com sal, colocar a água e programar 25 minutos, temperatura 100º, velocidade 1. Terminado o tempo, regar com azeite, triturar durante dois minutos, começando na velocidade 3 e aumentando gradualmente até à 7. 

Caso verifiquem que está um creme muito grosso, é acrescentar um pouco de água e mexer. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dourada no forno com laranja e alecrim

por raio-de-luar, em 18.10.15

PA170027.JPG

Inspiração aqui

 

Ingredientes:

  • 2 douradas
  • sumo de 1 laranja
  • sal
  • moinho 5 pimentas
  • alecrim (1 colher de sobremesa)
  • alho moído (1 colher de sobremesa)

 

Preparação:

Colocar as douradas limpas e arranjadas num tabuleiro de ir ao forno. Temperar com sal, moinho 5 pimentas, alho em pó e alecrim. Regar com o sumo de laranja. Levar a forno pré-aquecido a 200º cerca de 30 minutos.

Acompanhei com feijão verde cozido.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Almôndegas com sopa de cebola

por raio-de-luar, em 16.10.15

 Sigo vários blogs de culinária. Vou guardando receitas que me agradam, quer para as seguir à letra, quer como base de inspiração para recriar a minha versão. O blog Para Jantar e Marmitar é uma das mais recentes descobertas, e com o qual me identifico. Receitas simples, do quotidiano, descomplicadas, despretenciosas, e com promessa de serem bem boas. Quando vi a receita destas almôndegas, não esperei muito para a levar à mesa. E não me enganei. Uma delícia. 

 

PA130027.JPG

 Inspiração aqui

 

Ingredientes:

  • Almôndegas mistas 
  • 1 pacote de sopa de cebola
  • 200 gr cogumelos frescos
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 500 ml de água quente
  • azeite
  • sal
  • malagueta (ou pimenta)
  • salsa picada
Preparação:
 
Dissolver a sopa de cebola na água quente. Reservar. Refogar num pouco de azeite a cebola, a malagueta e os dentes de alho picados. Juntar os cogumelos cortados em quatro e salteá-los, até eles perderem a sua água. Temperar com sal, salsa picada, envolver. Regar com a sopa de cebola, juntar as almôndegas e deixar cozinhar em lume brando, agitando o tacho de vez em quando, para não pegar.
Servir com esparguete cozido (ou puré de batata) e uma salada. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Caldo de red fish

por raio-de-luar, em 15.10.15

PA120025.JPG

 


Ingredientes:

  • 1 red-fish grande ou 2 mais pequenos
  • 1 cebola picada grosseiramente
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 folha de louro
  • 1 lata de tomate
  • 1/4 de abóbora cortada em cubos
  • 1 alho francês em juliana
  • 1 colher de café de Tabasco (ou outro picante)
  • 100 gr. de miolo de ameijoa
  • 250 gr de massinha pevide/bagos
  • sal e azeite qb.
  • salsa picada (opcional)

 

Preparação:

Cozer o peixe em água temperada com sal e a folha de louro.

Quando cozido, retirar do lume, coar o caldo num passador de rede fina, deixar arrefecer o peixe, para depois limpar de peles e espinhas, lascar em pedaços. Reservar.

Entretanto, preparar um ligeiro refogado num fio de azeite com a cebola, os dentes de alho. Quando a cebola começar a alourar, juntar o tomate, a abóbora e o alho francês. Temperar com sal e o Tabasco, deixar que os legumes libertem a sua água e deixar ferver.

Juntar o miolo de ameijoa e envolver bem nos legumes. Juntar o caldo de cozer o peixe, deixar ferver, juntar a massa e retificar os temperos. Mexer ocasionalmente para a massa não colar no fundo. Quando a massa ferver, juntar o peixe e deixar acabar de cozer a massa.

A quantidade de caldo é consoante a água que colocarem a vosso gosto. Se pretendem uma massinha de peixe mais caldosa (como eu) é juntar bastante água. Se preferem mais seca, diminuir a quantidade de água.

No fim pode-se polvilhar com salsa picadaou outra erva aromática a gosto. Eu, esta vez, não usei. 

PA120026.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Salmão à Gomes de Sá

por raio-de-luar, em 07.10.15

PA040006.JPG

 

Fã assumida de salmão, estou sempre aberta a novas formas de o comer. Nas férias, a amiga alentejana fez um salmão à Gomes de Sá que me fez babar (e quase bater com a cabeça na parede a pensar "como nunca me lembrei disto? Porquê???").  Recentemente, fiz a minha versão. 

 

Ingredientes:

  • entre 6 a 8 batatas (depende do tamanho das mesmas e da quantidade desejada)
  • 2 lombos de salmão
  • 4 ovos
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • sal
  • azeite
  • vinagre
  • 1 folha de louro
  • salsa a gosto

 

Preparação:

Levar o salmão a cozer, juntamente com os ovos, em água temperada de sal e a folha de louro. Quando ferver, retirar os lombos de salmão e juntar as batatas cortadas às rodelas. Deixar cozer.

Cortar a cebola em meias luas, laminar os dentes de alho. Levar a alourar em azeite. Juntar o salmão em lascas e deixar saltear. Entretanto as batatas e os ovos cozeram, escorrer as batatas e juntar ao salmão. Envolver, partindo grosseiramente as rodelas de batata. Regar com azeite e umas gotas de vingre. Retirar do lume, dispor os ovos cortados às rodelas por cima e polvilhar generosamente com salsa picada.

PA040007.JPG

Há quem leve a gratinar ao forno, eu servi de imediato, sem gratinar. Depende do gosto e do tempo de cada um. Gratinado ou não, fica bom das duas maneiras, só acho que gratinado pode secar um pouco. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim


Top blogs de receitas

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Livro de Receitas

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D